Bem vindo ao maior portal do oeste baiano.
Em jantar com empresários na Suíça, Temer defende reforma da Previdência e diz que Brasil vai fechar “círculo de reformas”
24/01/2018 10:51 pm

O presidente da República, Michel Temer, voltou a defender nesta quarta-feira (24) a reforma da Previdência e afirmou que a recessão no Brasil “ficou para trás”.

Temer fez um discurso em um jantar com empresários em Davos, na Suíça, oferecido pela organização do Fórum Econômico Mundial.

Ele também aproveitou a oportunidade para apresentar dados que, segundo avaliação do presidente, demonstram uma recuperação econômica brasileira.

  •  Reforma da Previdência

Temer disse aos empresários que, “muito proximamente”, o Brasil vai praticamente fechar o “círculo de reformas”, realizando a reforma da Previdência Social.

O tema está sob análise da Câmara e pode ser votado no mês que vem. No entanto, governistas reconhecem que ainda não possuem os 308 votos de deputados necessários para a aprovação do projeto. “[A reforma] é indispensável para preservar o direito dos aposentados, aqueles que irão aposentar-se, e até dos servidores públicos, porque, dou dado aqui impressionante: neste ano o déficit previdenciário foi de R$ 268 bilhões”, declarou Temer.

O presidente afirmou também que, sem as mudanças nas regras de aposentadoria, o Brasil terá que fazer, “daqui a pouco”, cortes em pensões de aposentados e em vencimentos de servidores públicos.

“Nós estamos fazendo a reforma da Previdência para aumentar a credibilidade e a confiança no nosso país, em primeiro lugar e, em segundo lugar, para garantir o vencimento dos servidores públicos, as pensões”, afirmou o presidente brasileiro.

Mais cedo, em entrevista a jornalistas, o relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA), afirmou que o governo tem hoje cerca de 275 “votos certos” a favor do projeto. Além disso, na contabilidade do governo, existem aproximadamente 60 deputados indecisos.

  •  Superação da crise

Durante o discurso, Temer também procurou apresentar dados aos empresários que demonstram, na avaliação do presidente, que a recessão do Brasil “ficou para trás”.

Ele citou a produção agrícola, o aumento de empregos e resultados positivos na bolsa de valores.

“As instituições estão funcionando com muita normalidade, muito tranquilamente, uma confiança absoluta no Brasil, porque, senão, a bolsa também é reflexo daquilo que as pessoas pensam do nosso mercado e das possibilidades e potencialidade do nosso país”, declarou.

Temer aproveitou para convidar os empresários a investir no Brasil. “De modo que eu quero convidá-los mais uma vez a investirem com toda tranquilidade no nosso país, porque investir lá significa crescer o país e crescer aquele que aplica no nosso país”, opinou.

  •  Desenvolvimento sustentável

Ao citar o desempenho do setor agrícola em 2017, Temer afirmou que o Brasil tem preocupação com o Meio Ambiente. Ele citou o aumento da área de preservação do Parque dos Veadeiros, localizado no Centro-Oeste do país.

“O desmatamento no Brasil, do ano passado para cá, reduziu-se de 16 a 18%. Quero com isto significar que, sem embargo da grande produção agrícola no Brasil, o fato é que há uma preservação ambiental também notável e reconhecida”, acrescentou Temer.

Rua Abílio Farias, 394, Centro, Barreiras - Bahia - CEP 47.804.080
Fone: (77) 3611-0101 / E-mail: adm@oestemania.com.br