Bem vindo ao maior portal do oeste baiano.
Daniel Cormier descarta aposentadoria e acredita em trilogia com Jon Jones
15/08/2017 12:32 pm

gettyimages-824380606_ZDFLgnK


Ex-campeão peso-meio-pesado do Ultimate, Daniel Cormier deixou o octógono do UFC 214, dia 29 de julho, abalado pela derrota por nocaute técnico para Jon Jones, que lhe custou o cinturão da categoria. Inconsolável, o atleta da AKA (American Kickboxing Academy) se recolheu e, somente na segunda-feira, quebrou o silêncio.

Em entrevista ao podcast “The MMA Hour”, Cormier, de 38 anos de idade, descartou a possibilidade de se aposentar e declarou que acredita que fará uma trilogia com “Bones” em um futuro pouco distante.

- Por que eu deveria parar de lutar? Eu sinto que ainda gosto de competir mais do que qualquer coisa. É o que me guia. Eu amo competir, estar nesse ambiente. Não só voltarei a lutar, como acredito que Jon Jones e eu lutaremos de novo. Então, claro que tenho desejo de lutar e acredito que iremos lutar de novo por tudo que foi dito e feito. Eu não sei exatamente qual é o caminho que leva a enfrentá-lo, mas eu antecipo que ele será o campeão. Não acredito que mais ninguém nesta divisão possa competir comigo. Então, depois que eu vencer o suficiente, acredito que vamos lutar de novo. Além disso, ganharemos dinheiro juntos, e quando isso acontece, o UFC geralmente está aberto a esses jogos “.

Cormier assegura que a frustração – é a segunda derrota na carreira para Jones -, passa por desapontar o seu time e as pessoas que estão ao seu redor.

Jon Jones x Daniel Cormier, UFC 214, MMA (Foto: Getty Images)
“DC” fazia confronto equilibrado, até receber um chute alto na cabeça, no terceiro round (Foto: Getty Images)

 

 

- Você tem que lembrar que sou o cara que quer vencer o melhor. Treino forte e sinto que estou pronto. Sinto que fui preparado e fiquei muito desapontado com o resultado da luta. Sinto pelos meus treinadores, que fizeram uma preparação espetacular para essa luta e eu não fui capaz de concluir o trabalho, é disso que vem a minha tristeza. Obviamente, estou frustrado, mas me sinto mal pelas pessoas próximas a mim, pois elas investiram muito e fizeram muito para me preparar.

Apesar do momento de recuperação, “DC” conta com o apoio dos fãs, que costumam escrever mensagens motivacionais em seus perfis nas redes sociais.

- Isso significa muito. Todo dia recebo centenas de mensagens dizendo “DC, sinto sua falta, volte. O que está acontecendo? Você está bem?” O que importa mais não é as pessoas falando “queremos ver você lutar de novo”, é a preocupação verdadeira com o seu bem-estar, do tipo “como vai você? Espero que esteja bem, estou preocupado com você” – declarou Cormier, que não mostrou entusiasmo para voltar a ser peso-pesado, argumentando ter “encolhido” em relação aos integrantes da categoria.

Fonte: G1

Rua Abílio Farias, 394, Centro, Barreiras - Bahia - CEP 47.804.080
Fone: (77) 3611-0101 / E-mail: adm@oestemania.com.br