Bem vindo ao maior portal do oeste baiano.
Cresce número de universidades brasileiras em ranking internacional
15/05/2018 03:53 pm
O ranking internacional Times Higher Education (THE) de Universidades Emergentes apontou que o Brasil é o terceiro país mais representado no ranking, atrás apenas da China e da Índia. Trinta e duas universidades brasileiras estão entre as 350 instituições avaliadas. Em números absolutos, houve crescimento da presença brasileira ante 2017, quando houve 25 instituições entre as 300 avaliadas. Em termos percentuais, o Brasil representa em 2018 9,3% do total, um crescimento de 8% em relação ao ano anterior. O norte é a única região que não tem universidades inclusas. O sudeste tem treze universidades, seguido pelo sul (12), nordeste (3) e o centro-oeste (2).
Nas respectivas regiões, os destaques foram para a Universidade de São Paulo (USP), Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Universidade de Brasília (UnB) e, em posições empatadas, a Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). “O Brasil manteve o status de terceiro país mais representado, mas praticamente todas as suas universidades perderam posições devido, principalmente, à turbulência econômica e política do país”, afirma a organização.
Apesar de ter caído uma em relação ao ano anterior, a Universidade de São Paulo (USP) é a universidade brasileira mais bem posicionada, em 14ª lugar.  Completam a lista das cinco melhores colocadas do país a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Universidade Federal de Itajubá (Unifei), situada em Minas Gerais. Agora na sua quinta edição, o Times Higher Education (THE) de Universidades considera 13 indicadores para classificar as instituições, entre eles os critérios de ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e internacionalização. Há, no entanto, um reajuste dos critérios para refletir as prioridades de desenvolvimento nas economias emergentes.
Universidades na mira do SISU e dos Vestibulares:
Como grande parte das universidades são da rede pública de ensino, o Sistema de Seleção Unificada (SISU) está entre as principais formas de ingresso na graduação, em paralelo com vestibular tradicional. A nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) também é adotada como critério de seleção em cursos específicos além de ser essencial para a participação no SISU. Estudantes ainda podem fazer a inscrição no ENEM até o dia 18 de maio. Entre as instituições de ensino privadas, existem formas de ingresso diferentes na graduação. Adotando critério de renda para a seleção, estão o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). Já as bolsas de estudo do Educa Mais Brasil, que disponibilizam até 70% de desconto, não adotam critérios de renda. São mais de 240 mil bolsas ofertadas para o ensino superior em todo o país.
Conheça todas as universidades brasileiras ranqueadas:
14ª – Universidade de São Paulo (USP);
33ª – Universidade Estadual de Campinas (Unicamp);
61ª – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio);
92ª – Universidade Federal de São Paulo (Unifesp);
98ª – Universidade Federal de Itajubá (Unifei);
131ª – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
150ª – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
153ª – Universidade Federal do ABC (UFABC);
162ª – Universidade Estadual Paulista (Unesp);
191ª –  Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Rio Grande do Sul;
201-250ª:
Universidade de Brasília (UnB);
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);
Universidade Federal de São Carlos (UFSCar);
251-300ª:
Universidade Federal do Ceará (UFC);
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE);
Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR);
Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG);
301-350ª
Universidade Federal de Goiás (UFG);
Universidade Federal de Lavras (Ufla);
Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop);
Universidade Federal de Pelotas (Ufpel);
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) ;
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM);
Universidade Federal Fluminense (UFF);
Universidade Estadual de Londrina (UEL);
Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj);
Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos);
Universidade Federal do Paraná (UFPR);
Universidade Estadual de Maringá (UEM);
Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste);
Fonte:Barreiras Notícias/Adaptação:Equipe Oeste Mania.
Rua Abílio Farias, 394, Centro, Barreiras - Bahia - CEP 47.804.080
Fone: (77) 3611-0101 / E-mail: adm@oestemania.com.br